Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

Belleville Rendez-Vous

Eu nem sei bem que dizer sobre esta animação.

De poucas palavras, a estória vive em torno de um menino que tem uma paixão pelo ciclismo. Paixão esta, descoberta pela sempre atenta Avó, Madame Souza.
Este menino chama-se Champion Souza.
São uma família humilde que desenvolve este desporto como pode - a Avó é a treinadora.

 

Mas um dia, um magnata "das américas" rapta um punhado de ciclistas que vai ficando pelo caminho numa prova do Tour de France.
Entra em cena a Avó que se envolve numa pequena aventura de salvamento.
No processo, junta-se a ela as trigémeas BelleVille, e desenvolvem um plano de salvamento.


Os diálogos são praticamente inexistentes e o ritmo do filme é arrastado.
Esta animação vive da fantástica imagem que tresanda a anos 30.
 

 

As figuras caricaturadas dos americanos são hilariantes - nem escapa a Sra. Liberdade.
O cão gigante e obeso - Bruno - que tem um trauma relacionado com os comboios é deveras cómico.
O ambiente parisiense com o nova-iorquino é maravilhoso.
A casa da Madame Souza, só falta ter cheiro: consigo reconhecer aquele som oco de passos sobre soalho ou as portas a ranger nas casas dos bairros antigos - é-me familiar e acolhedor.

O cuidado sonoro é delicioso - sons do nosso quotidiano.

 

Belleville Rendez-Vous encontra-se pejado de referências de época: desde o cinema, à pintura, à música e a personalidades ligadas às artes.
Poderão conferir AQUI.

Link do vídeo.

 


Um detalhe engraçado:
Só me "caiu a ficha" quando ouvi um desafinado "É uma Casa Portuguesa".
Souza...? SOUSA?!!
O ciclista, pah! A Madame Souza é Tuga!!! - gritei eu mentalmente.

(8/10)*****

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.