Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

It works!

 

A digitalização de diapositivos (slides) é morosa e cara. Cada slide rondará os 2,50 euros.

A opção pode passar pela compra de um scanner. A Plustek tem uns a 100 euros, a Epson a 300 euros e até na loja do ACP aparecem uns multifunções (slides, negativos, fotografias, só não tira cafés) a 154/ 170 euros (sejamos sócio ou não).

Quando o pretendido é recuperar um trabalho académico com cerca de 13 anos, e com o problema do audio em K7 ultrapassado a custo zero, todas estas opções ficam claramente fora de orçamento.


A solução foi virar-me para o "home made".

Se não se for muito esquisito no que toca à qualidade, para quem apenas precisa de uma ferramenta esta será a solução ideal: Ho-me ma-de.



Link do vídeo.

Ao contrário do senhor do vídeo, utilizei o meu singelo bloco de notas portátil, isto é, a minha todo-terreno Nikon Coolpix S3 e o resultado não envergonha ninguém.
O meu plano estava inclinado, mas serviu para este teste.



Ainda que inicialmente utilizasse a definição automática macro ("scene close up"), nos slides com cor, por muita preguiça que tivesse e a paciência me faltasse, acabei por acertar o ISO e a exposição, para que a imagem não ficasse demasiado esbranquiçada ou escura.
O automático da Coolpix S3 é bom mas milagres não faz.

 

Quem não tem cão, caça com gato.
Basta apenas explorar as ferramentas que temos ao dispor. :)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.