Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

O Reader Facebook.

P: É impressão ou usas o facebook apenas como agregador de links? Não tens Reader?

Eu: ...

P: Porque não agregas tudo "num google" ou, olha só!!, numa pasta de "favoritos"?

Eu: Poder, até podia. Mas não seria a mesma coisa.

P: ...

Eu: ... Já consideraste quantos cliques tens que fazer? Assim, basta "partilhar" ou "copy" depois o "paste" e depois "enter". E quando tenho uma questão, coloco-a logo à entidade.

Elementar, meu caro Watson.

E sim, as entidades respondem às "mensagens privadas". Tanto que assim o é, que até já obtive esclarecimentos do Museu da Presidência e a um Sábado! ❤

Experiências de pensamento

"As experiências de pensamento ou, em alemão,gedankenexperiments,são experiências que, por qualquer razão, não podem ser fisicamente executadas, mas devem em vez disso ser conduzidas internamente, através da lógica e do raciocínio, na mente. (...)

Edgar Allan Poe usou os princípios da experiência de pensamento para resolver o Paradoxo de Olbers e, acreditam algumas pessoas, para mais ou menos inventar a tteoria do Big Bang, uns bons cem anos antes de qualquer pessoa. O seu "poema em prosa" "Eureka" expõe os seus vários pensamentos científicos e cosmológicos, mas Poe não era um cientista experimental e, assim, estas teorias surgiam na forma de esperiências de pensamento ou, talvez, algo próximo da forma como ele descrevia o infinito, como o "pensamento de um pensamento"."

in THOMAS, Scarlett, O Fim do Senhor Y, s.l., Círculo de Leitores, 2010, p. 97.

LandArt Cascais || 2013

Adoro Land Art  ou instalações que recriem aspectos naturais.
Tanto que cozinho uma maluqueira.
Tanto que me irrito quando esta, a dita Arte da Terra, não é levada a sério e o conceito usado para encher chouriços.

* * *

 


Até dia 7 de Julho, estará patente na Quinta do Pisão de Cima mais uma edição da LandArt Cascais.

Para meter o nariz sem medos e com alguma curiosidade, ei-lo, o programa de música e descritivos das obras: AQUI.

Pág. 2/2