Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

A Menina que Sorria a Dormir

Era uma vez uma menina chamada Glória que só conseguia dormir embalada por uma história. Caso alguém parasse de contar a sua história, ela acordava e perguntava muito pronta "e depois?".

 

Todos nessa aldeia se revezavam, cada um contando histórias sobre o que mais gostava: fábulas, histórias de virtudes, advinhas/ charadas, magia, contos "do outro mundo".

Até que seu pai ofereceu-lhe algo que a ajudou a dormir, passando então a ser ela a grande contadora de histórias na aldeia.

 

Este é o mote do livro de Isabel Zambujal e o seu conto infantil "A Menina que Sorria a Dormir".

 

São ensinadas de forma sucinta os diferentes tipos de contos (textos) e algumas palavras mais "difíceis" são introduzidas. Falo por mim, que me vi obrigada a pesquisar o termo "SUMAÚMA".

 

As ilustrações, de Helena Nogueira, são simples mas bem simpáticas. Destaco aquelas onde aparece um cobertor a lembrar Miró e onde surge um gentil gato que, languidamente, marca a sua presença ao longo das páginas do livro como um simples apontamento.

 

(8/10)****

ZAMBUJAL, Isabel, A Menina que Sorria a Dormir, Oficina do Livros, Cruz Quebrada, 2008 (3ª edição)