Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

Um Atlas de Acontecimentos

Esteve até 30 de Dezembro de 2007, na Calouste Gulbenkien (Lisboa), a exposição colectiva "Um Atlas de Acontecimentos" - "An Atlas of Events", a qual debruçou-se sobre o estado do Mundo.

Não sou particularmente apreciadora de Arte Contemporânea, muito provavelmente por nem sempre a mensagem contida na mesma passar, ou seja, não percebo o que observo.


No entanto, intervenções houve que, mais do que pela técnica empregue, destacaram-se pelo seu humor. Pessoalmente, Eduardo Sarabia foi disto um bom exemplo.

"Uma Linha Ténue Entre Amor e Ódio" de Eduardo Sarabia apresenta um conjunto de peças porcelanas, cuja ornamentação tradicional foi substituída por referências ao contrabando e outras actividades ilegais.





Paul Chan, por outro lado, recorreu a uma animação composta somente por silhuetas (muitas de carácter bélico) que, projectadas na parede e chão, pretenderam fazer alusão ao trauma da destruição.
 
 
 
 
Erinç Seymendebruçou-se sobre a problemática da política actual.





No piso inferior, vi-me confrontada por um conjunto de fotografias de Sze Tsung Leong: díspares horizontes urbanos e rurais prolongavam-se pela sala - transportava o espectador pelas diferentes realidades paisagísticas no mundo.


O piso inferior, aquele ... floresta?... realmente... e os rádios mortos ou colunas.... ao estilo década 60 do século passado... bem, nem vale a pena bater no ceguinho.
Mas o geral foi bastante positivo, tal como positivo foi poder observar algo de novo, num local que, por incrível que pareça, pode ser tão conservador como é a Gulbenkien.

(6/10)
>>Maria