Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

Por uma boa foto palaciana

  

 

No âmbito das comemorações do Dia Mundial dos Museus, inúmeros locais estiveram abertos ao público à Segunda-feira, alguns até horas tardias e excepcionalmente a captação de imagens era permitida sem qualquer restrição (obviamente, desde que sem flash).

Um destes locais, foi o Palácio de Queluz.

 


A par de uma visita encenada sobre o quotidiano da época os regentes - onde inúmeras curiosidades foram apresentadas, foi-nos permitido fazer inúmeras experiências fotográficas: desde a ambientes aos belos detalhes de peças/ pinturas, etc.


Mas verdade-verdade, é que um espaço daqueles dificilmente fica mal numa fotografia...

Aquela sala do trono... é impossível ficar-lhe indiferente (1774 - autoria do arquitecto Jean Baptiste Robillon e do entalhador Silvestre de Faria Lobo - *mega suspiro).

 

 

Quanto aos exteriores, apesar de muito ainda estar por fazer, é-nos já permitido deliciar-mo-nos com um recuperado canal dos azulejos e descansar sobre uma ponte aí colocada para o efeito.

As fontes estão limpas e o jardim à frente do palácio está a ganhar todo o seu brilho.

Mas como mencionado, somente com uma equipa de 4 jardineiros, dificilmente todo o espaço estará a 100% no final de Junho (altura prevista para a reabertura oficial): se nos embrenhar-mos um pouco nos carreiritos verificamos que o labirinto não foi limpo, o roseiral encontra-se por desbastar assim como as gigantes árvores por podar, os terrenos junto ao picadeiro ainda parecem uma selva, etc.

 

De qualquer forma, existem já muitos recantos que convidam ao descanso.

E um farnel é recomendado para um dia bem passado.

Que fofo, fiz uma rima...