Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

smobile

conceitos sob o ponto de vista do observador

Já?!?

A febre da Gripe A (H1N1) tem andado na boa do povo. No entanto, todos se têm esquecido de uma outra de repercussões também ela complicada: a febre natalícia.

 

Já aqui demonstrei que gosto do Natal e o porquê.

Admito contudo que exista muito esbanjamento ou correrias patéticas e daí todo o azedume em torno desta temática.

 

Conselho para esta quadra que aí se advinha: calma, tenham muita calma e respirem, porque os tempos não estão fáceis e o Natal é suposto ser divertido e bonito, com todas aquelas luzes e eteceteras.

 

Sugestão: em vez de perderem (esta é mesmo a palavra) dinheiro a comprarem as "lembranças" sem serventia (ou a comprar chocolates deliciosos mas super caros), reúnam os amigos e façam pelo menos um lanche "temático": com muita filhó e todos aqueles docinhos típicos; se for uma refeição que a façam com muito bacalhau ou polvo ou enchidos, e muita cove, etc.

 

Reúnam o pessoal em torno de uma faustosa mesa.

 

Se fizerem as contas sairvos-à (e a eles também, pois também comparticiparão e não terão a obrigação de trazer presentes) quase o mesmo preço do que se estivessem a comprar individualmente a dita lembrança, pouparão tempo e irão divertir-se muito, mas muito mais!

 

Façam uma saída temática, "a ver as luzes"; passeiem pela cidade e participem sem preconceitos nas festividades e sintam o "cheiro" da quadra.

Se sentirem dificuldades, deixem-se contagiar não pela azáfama das compras, mas sim pelo deslumbramento dos mais novos.

 

A frase de ordem para este ano é: "Chega de quinquilharia e de stresses". (^^,)

Tuga que é tuga, fica satisfeito com a barriguinha cheia e um tempo bem passado na boa companhia.

 

 

 

#hoje, Avenida da República, Lisboa.